Como gerar conteúdo para o meu negócio?

Como vimos no artigo passado, uma das formas mais baratas de trazer tráfego para o seu site, e consequentemente clientes, é gerando conteúdo transformador para as pessoas e postando em seu site ou blog.

Veja também o que já postamos sobre presença digital.

Muita gente ainda tem dificuldade em saber como produzir conteúdo para trazer essa audiência.

Então, como já conversamos sobre o que um conteúdo deve ter para realmente transformar algo na vida de alguém, vamos ver como fazer isso na prática.

O primeiro passo é dizer algo bem óbvio, mas que é sempre bom reforçar:

NUNCA COPIE NENHUM CONTEÚDO DE OUTRO SITE NA INTERNET.

E esse aviso não é só pelo lado ético da coisa, mas porque o Google vai te punir por conteúdo duplicado e com isso você não consegue resultados.

Ele sabe que o conteúdo já pertence a alguém, então você sai perdendo com essa.

Entretanto, podemos retirar ideias de vários artigos, vídeos ou podcasts para produzirmos o nosso próprio conteúdo.

E tudo começa com o entendimento da sua Persona e quais as principais dores que ela tem.

Relembrando, Persona é a representação do seu cliente ideal.

As dores são os problemas que o leva a precisar do seu produto ou serviço.

Se por acaso você conserta portões eletrônicos, as pessoas que têm o seu portão quebrado digitam “como consertar portão eletrônico” no Google e podem acabar achando sua empresa.

Se você já fez esta parte, ótimo! 

A segunda parte é entender como atingir essa persona.

Isso vai influenciar muito o tipo de conteúdo que você vai criar.

Vamos tratar aqui de como criar um artigo de blog que é a forma mais comum de gerar volume de visitantes em seu site.

Até mesmo porque o tráfego no Google é muito maior que qualquer rede social.

Então vamos ver como produzir esses artigos…

Tudo parte de uma pesquisa na internet por assuntos relacionados ao seu nicho de mercado.

Vá até o Google.com e digite a ideia principal do seu negócio, ou um tipo de produto que você venda.

Caso seu foco seja roupas femininas, busque por isso.

Tente pensar da mesma forma que alguém que procura o que você vende, buscaria.

Quando você abre o site do Google.com e começa a digitar sua pesquisa na área de busca, o próprio buscador já te mostra quais os assuntos relevantes à tais palavras, no momento.

Por exemplo:

Quando você digitar “roupas femininas” no Google, não dê enter ainda.

Repare que abaixo de onde você escreveu, já aparecem os resultados mais pesquisados:

roupas femininas
roupas femininas baratas
roupas femininas atacado
roupas femininas mercado livre
roupas femininas da moda
roupas femininas infantil
roupas femininas online
roupas femininas plus size
roupas femininas estilosas
roupas femininas 2020

(Estes resultados evidentemente mudam ao longo do tempo, localização, preferências de navegação etc.)

Clique em algum deles e veja que vão aparecer vários resultados ligados ao tema, sendo muitos deles artigos de blogs.

E dentro desses artigos as pessoas tratam sobre diversos tópicos, temas, informações…

Leia os 5 primeiros artigos e anote as ideias principais no bloco de notas do Windows, por exemplo.

Assim você já vai ter uma lista de ideias para começar a pensar no seu conteúdo.

Agora, faça o mesmo processo com cada uma das ideias que você anotou e complete a lista com essas novas informações.

Desse jeito você já tem pelo menos 10 a 15 tópicos importantes para tratar em um artigo.

Veja se dentre esses tópicos, estão problemas (dores) que as pessoas podem ter e que seus produtos resolvem.

Seja informativo, saia da superficialidade.

Tente escrever o conteúdo mais completo sobre o tópico que decidiu abordar

Traga números, informações e o que mais for relevante pontuar.

Lembre-se que a partir dele, alguém vai chegar até você.

Caso o seu conteúdo seja “meia boca”, as pessoas tendem a achar isso do seu negócio também.

Pesquise também em sites de grandes concorrentes seus.

Abra os sites, provavelmente eles terão um blog.

Veja o que eles falam lá.

Dá para tirar muita ideia legal, assim.

Caso você consiga pensar em mais tópicos que possam enriquecer seu artigo, anote todos.

Com esses tópicos em “mãos”, agora é começar a escrever.

Seja claro, direto e use palavras simples no seu texto.

É muito chato ler algo que tenha palavras muito rebuscadas, seja muito complexo.

Deixe esse tipo de texto para os grandes escritores de literatura.

Foque na solução, os potenciais clientes não querem saber sobre sua empresa, eles querem saber o que vai resolver o problema deles.

Pelo menos nesse primeiro momento.

Vejo que muita gente cria artigos totalmente voltados para venda, com pouca informação e muito texto pronto, copiado de algum lugar.

E isso é péssimo.

Seja natural ao tratar os assuntos que escolheu.

Ao longo do texto, vá colocando os produtos que você já vende.

Insira links, faça conexões, coloque imagens desses produtos.

Cite para quem são os produtos, o que é interessante dizer a respeito.

No caso das roupas femininas, mostre o quanto é bom o material delas.

Como as pessoas ficam bonitas usando uma peça junto com uma outra, combinando.

Mostre fotos.

Seja criativo e tente falar de tudo o que for relacionado mas sem a chatice da venda.

Entretando, se você não gosta ou não saiba como criar esse texto, não tem prática em escrever ou simplesmente não quer gastar seu tempo com isso, existe uma solução bem viável.

Muitos profissionais são especializados em escrever artigos para blogs com uma boa qualidade.

E essas pessoas cobram um valor bem pequeno.

Sites como o Workana por exemplo, traz contatos de inúmeros profissionais que escreverão um belo artigo para você postar.

É possível comprar artigos de 1000 palavras por algo em torno de 30 a 40 Reais.

E um artigo com essa quantidade de palavras tende a ser bem completo.

Mas não se apegue a quantidade de palavras.

Um bom artigo é aquele que diz tudo o que tem que dizer, sem enrolação.

Pegue a lista que você fez e envie ao freelancer juntamente com as informações da sua persona (se tiver).

Esses parâmetros irão ajudar, e muito, na elaboração do conteúdo.

Outro ponto importante é sempre colocar pelo menos uma imagem relevante no artigo.

As pessoas gostam de fotos bonitas, imagens bem feitas.

Mas não saia por aí salvando as fotos dos resultados do Google imagens sem autorização.

Você também será penalizado se fizer isso.

Existem muitos bancos de imagens gratuitos na internet.

Um bem famoso é o Pixabay.

Lá é possível encontrar milhares de fotos com boa qualidade e gratuitas.

Procure uma que seja atraente e cause o desejo da pessoa ler o seu artigo.

Fotos com pessoas tendem a gerar mais conexão com os leitores.

Você também pode optar por fazer essa pesquisa toda que citei aqui em vídeos no Youtube.

O volume também é gigantesco e certamente o resultado será tão bom quanto.

Por fim, leia bastante e tente levantar informações para um artigo por semana, pelo menos.

Ter uma agenda de postagens e uma frequência definida ajudará bastante a atrair pessoas para o seu site.

Quer saber mais, envie uma mensagem através do formulário abaixo:

Quer mais clientes?

Preencha o formulário abaixo e receba uma proposta personalizada para seu negócio começar a atrair clientes através da internet.