Como fazer a Presença Digital da minha empresa?

Presença Digital é o nome dado ao conjunto da estrutura digital de sua empresa e posicionamento de sua marca na internet.

A forma como as pessoas chegam até você depende disso.

E dentro desse conjunto estão todas as ferramentas que vocês já conhecem:

– Site

– Blog (muitas vezes dentro do próprio site da empresa)

– Contas nas redes sociais

Além é claro de uma ferramenta gratuita do Google, que vou falar um pouco mais daqui a pouco…

E importante dizer que todos os 3 canais conversem entre si.

Conversar no sentido de fazer parte da mesma filosofia, baseados nos mesmos conceitos.

Basicamente quero te dizer que é muito importante planejar esse desenvolvimento da presença digital, mas nada que seja muito complexo.

Portanto, nas próximas linhas vou tentar te mostrar como uma pessoa “comum” pode dar esse passo em direção ao sucesso na captação de clientes para seu empreendimento na internet.

Vamos começar falando a respeito do site.

SITE

No momento em que estou escrevendo esse artigo, o site www.internetlivestats.com diz que na internet existe cerca de 1.771.842.922 sites.

Isso mesmo que você leu, mais de 1 bilhão de sites no ar.

No entanto saiba que provavelmente seus concorrentes já têm um site.

E é por isso que a presença digital deve começar a partir dessa etapa.

Um site nada mais é que uma ferramenta responsável por apresentar a sua empresa para as pessoas e captar novos clientes.

E é uma excelente ferramenta de vendas, 24h por dia, 7 dias por semana.

É como se fosse um cartão de visitas, só que bem mais completo que o bom e velho modelo.

Como já te falei a respeito da sua “Persona”, aqui você vai focar toda a sua comunicação nela.

No Artigo sobre Persona tratamos bem dessa parte.

Em um site é possível colocar as informações mais relevantes a respeito do que você vende.

Muita gente vai preferir ler sobre o que seu negócio se trata antes de entrar em contato por telefone, e-mail ou whatsapp, para comprar algo.

Para que um site cumpra suas funções é imprescindível que seja claro, informativo, objetivo e otimizado (SEO).

O ato de planejar um site consiste em levantar todas as informações relevantes sobre sua empresa, produtos ou serviços.

Escrever um breve histórico, clientes que já atendeu, os objetivos e a ideia principal do seu negócio certamente irá ajudar bastante.

Assim como obviamente informações claras sobre como as pessoas acessam todas as páginas do site, ou como podem entrar em contato com você.

É sempre bom frisar esta parte pois apesar de parecer lógica, ainda nos dias de hoje costumo me deparar com sites extremamente mal feitos e bem difíceis de navegar.

Como estou te alertando para isso, não vai ser o seu caso.

Criar um site do zero pode não ser uma das tarefas mais simples, mas muita gente usa uma ferramenta que facilita muito essa tarefa, que é o WordPress.

O WordPress é um CMS (Gerenciador de Conteúdo) gratuito e bastante intuitivo para se trabalhar.

Com ele é possível construir um bom site sem conhecimento de programação e a um custo bem acessível.

O custo que me referi diz respeito ao serviço de hospedagem de sites e um domínio, que é o endereço de seu site, o www.algumacoisa.com.br.

No nosso blog há alguns artigos a respeito, mas nesse aqui especialmente, falo um pouco mais sobre ele.

Lembre-se de utilizar as cores de sua logomarca, assim como as fontes também.

Como disse, seu site faz parte de todo um contexto organizacional, assim como sua marca, por isso tais pontos devem ser levados em consideração.

BLOG

Uma parte também muito importante de sua presença digital é um Blog.

E quando digo blog para alguns clientes, geralmente eles já ligam à imagem de influenciadores digitais, muito comuns na internet.

Mas calma, não quero me referir a este tipo de blog.

Aqui a ideia é criar uma área específica em seu site para ser um canal de comunicação com seus clientes sobre dores ou situações que seus produtos ou serviços possam vir a resolver.

Uma área onde as pessoas acessam através de um menu de navegação em seu site.

Esta é a base de uma estratégia de Marketing de Conteúdo, que já tratamos em um de nossos artigos em nosso blog, mas vamos te informar um pouco mais a respeito em outro momento.

Resumidamente falando, você imagina situações que levam as pessoas a precisarem de um serviço ou produto seu, e começa a postar em seu blog.

Muito comum procurar algo no Google quando precisamos comprar algo ou contratar algum serviço.

E é exatamente aí que seu blog é importante.

Se você fizer um bom trabalho na produção de conteúdo informativo e de qualidade para as pessoas, aos poucos o Google entende que seu blog é relevante e começa a te mostrar para mais e mais pessoas.

E você começa a atrair cada vez mais potenciais clientes, ou como dizemos no Marketing Digital, leads.

Para essas pessoas você oferece sua solução.

E vende.

O conceito é bem interessante e vale a pena um pouco mais de estudo.

Ah, e lembro que para produzir artigos para blog não é necessário ser um escritor profissional, mas com um pouco de esforço, principalmente em pesquisa é possível criar bom conteúdo.

Eu mesmo nunca fui dos melhores para escrever textos, mas com bastante leitura e pesquisa em diversos sites, blogs e livros é possível melhorar muito neste quesito.

GOOGLE MEU NEGÓCIO

Esta é uma ferramenta gratuita e muita gente ainda não conhece.

Quando as pessoas fazem consultas no Google por algum nome de empresa por exemplo, as informações dele aparecem nos resultados.

E para se cadastrar lá basta ir ao endereço do Google Meu Negócio neste link e criar a sua conta.

Insira o máximo de informações possível lá e atinja as pessoas que navegam por palavras que tenham conexão com seus produtos ou serviços.

REDES SOCIAIS

As redes sociais são bem conhecidas de todos, mas o que muitos não sabem é como usá-las a favor de seu negócio.

Assim como o site e o blog, para que elas trabalhem por você é preciso um pouco de pesquisa.

Primeiramente é interessante dizer que existem redes sociais das mais variadas e é preciso saber um pouco mais sobre cada uma para entender qual será mais efetiva para a sua empresa.

Elas hoje representam um canal extremamente valioso para muitas empresas e possibilitam aos clientes uma relação muito mais próxima com seu negócio.

Muitos clientes as usam para postar perguntas, sugestões e críticas também.

Muitas vezes reclamações mesmo.

Então use-as bem e nunca deixe de responder às mensagens, isso fará muito bem ao seu negócio e as pessoas vão perceber que você as valoriza.

Mesmo que muitas delas ainda não sejam seus clientes.

Mas assim como na “vida real”, uma reclamação não resolvida é muito pior que dezenas de elogios.

Portanto encare as postagens como pessoas reais falando.

Se você vende para pessoas físicas, clientes finais, o chamado B2C, o Instagram e Facebook podem ser muito bons.

Não que as outras redes não sejam boas, mas pelo volume de pessoas nessas duas redes, é muito provável que o seu retorno seja melhor.

Já para venda à outras empresas, ou B2B, o Linkedin pode ser mais vantajoso.

Para quem não conhece ainda, o Linkedin é a maior rede social voltada para os negócios.

Normalmente as pessoas se conectam e enviam muito conteúdo interessante, voltado para as empresas, empregadores ou empregados.

Vale a pena uma passada para conhecer, se você ainda não conhece.

Mais uma vez é importante frisar que a Persona aqui é fundamental para que você consiga conversar diretamente com quem efetivamente compra seus produtos.

Faça fotos interessantes, tente engajar as pessoas e seja atrativo e informativo.

Muita gente vai conhecer suas soluções através das redes sociais.

Textos persuasivos também são muito interessantes nesse momento.

Se você já ouviu falar sobre Copywriting, calma que vamos chegar lá ainda…

Para fazer artes chamativas e um pouco mais “profissionais”, caso você não domine ferramentas gráficas como Illustrator ou Photoshop, o canva.com é uma ótima pedida.

Com uma aparência bem simples, objetiva e intuitiva, ele proporciona à pessoas que não tem experiência em design, a chance de criar peças bem interessantes.

E um detalhe bem importante: tem uma versão gratuita.

Aliás, essa versão é boa e com bastante ferramentas legais para que você mesmo faça suas artes para postagens nas redes.

Enfim, é muito assunto e poderia ficar horas aqui escrevendo a respeito dessas ferramentas.

No entanto, a minha intenção é te mostrar que você é capaz de colocar o seu negócio do mundo real também na internet.

Certamente você economizará muito dinheiro se resolver seguir todas essas dicas e colocar a mão na massa.

Quer saber mais a respeito desse assunto?

Preencha seus dados abaixo!